Sociedade

Avaria informática na rede do Ministério da Justiça adia julgamentos e escrituras

21 setembro 2022 9:17

no_limit_pictures

Esta é a terceira avaria desde julho que tem impacto à escala nacional

21 setembro 2022 9:17

Uma avaria na infraestrutura informática e de rede do Ministério da Justiça afetou o funcionamento dos tribunais de todo o país. Segundo o jornal “Público”, provocou adiamentos de julgamentos e impediu a emissão de documentos, além de múltiplos transtornos. Vários sistemas informáticos da Justiça estiveram em baixo durante toda a manhã, tendo parte deles começado a funcionar depois do almoço.

“Todos os serviços afetados momentaneamente por problemas na infraestrutura tecnológica da Justiça” estavam “operacionais” às 19h, garantiu o Ministério, e “a maioria foi reposta pouco depois das 13h30”. Para além do impacto nos julgamentos, os registos civis, prediais e comerciais também foram afetados. Nestes serviços, não foi possível realizar escrituras de compra e venda de imóveis durante toda a manhã ou a emissão de cartões do cidadão.

Esta é a terceira vez nos últimos meses que a Justiça regista problemas tecnológicos com escala nacional. Ainda no início deste mês, vários julgamentos foram adiados na sequência de uma avaria a nível nacional no sistema de gravação de audiências que está associado ao Citius. Em meados de julho, as conservatórias de todo o país (registo civil, predial, comercial entre outras) ficaram sem sistema informático.