Sociedade

Apenas 13% dos professores do ensino obrigatório têm doutoramento ou mestrado

19 setembro 2022 8:41

photoalto/jerome gorin

Professores de Educação Física são os que têm mais qualificações: quase 25% têm mestrado ou doutoramento

19 setembro 2022 8:41

O doutoramento e o mestrado não são habilitações comuns entre os professores do ensino básico e secundário. De acordo com os dados do último Perfil do Docente publicado pela Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência (DGEEC) e consultado pelo jornal “Público”, apenas 12,7% dos professores do ensino básico e secundário e educadores de infância eram titulares de um doutoramento ou mestrado em 2020/21.

Desde 2007 que os mestrados em ensino são obrigatórios para o exercício da função de docente. Desse modo, e tendo em conta que a idade média dos professores é de 52 anos, os dados evidenciam que a maioria dos professores em exercício detém licenciaturas realizadas antes da reforma de Bolonha.

Os dados mostram que os professores de Educação Física são os mais qualificados: 24,6% dos seus docentes têm mestrado ou doutoramento. Seguem-se os de Física e Química (17,9%), Biologia e Geologia (17,8%), Matemática (14,8%) e Português (14,3%). Quanto ao nível de ensino, os mais bem qualificados estão no 3.º ciclo e secundário (16,6%) e os piores entre os educadores de infância (4,1%).