Sociedade

Domingo no mar: um morto e um desparecido

18 setembro 2022 19:20

Praia do Canal

henrique seruca

Um homem de 45 anos morreu depois de se ter sentido mal quando tomava banho na Praia da Saúde, em Almada. Mais a norte, um rapaz de 23 anos desapareceu na Praia do Vale Furado

18 setembro 2022 19:20

Um homem de 45 anos morreu este domingo depois de alegadamente se ter sentido mal ao entrar na água, entrando em paragem cardiorrespiratória, na praia da Saúde, em Almada, no distrito de Setúbal, informou a Autoridade Marítima Nacional (AMN).

Na zona centro do país, um jovem de 23 anos está desaparecido no mar na praia do Vale Furado, local não vigiado, no concelho de Alcobaça, desde as quatro e meia da tarde , estando a ser feitas buscas para o encontrar, anunciou também a AMN.

Em relação ao caso mortal, esta entidade esclareceu que o alerta foi dado às 13h30, tendo sido mobilizados para o local elementos do Comando-local da Polícia Marítima de Lisboa, a Viatura Médica de Emergência e Reanimação do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e elementos dos Bombeiros Voluntários de Cacilhas.

“A vítima, um homem de 45 anos, foi retirada da água com vida pelos nadadores-salvadores de serviço na praia, tendo entrado em paragem cardiorrespiratória na chegada ao areal”, refere a mesma nota.

Segundo a AMN, foram realizadas manobras de reanimação sem sucesso, tendo o óbito sido declarado no local pelo médico do INEM. O corpo foi transportado pelos Bombeiros Voluntários de Cacilhas para a morgue do Hospital Garcia da Orta.

Em comunicado enviado à Lusa, a AMN esclarece que o alerta para o desaparecimento do jovem, de nacionalidade ucraniana, naquela praia do distrito de Leiria, foi dado pelas 16h42.

“Foram de imediato iniciadas buscas no local por parte de elementos do comando local da Polícia Marítima e da Estação Salva-vidas da Nazaré, dos Bombeiros Voluntários de Pataias, bem como elementos da GNR e do Suporte Imediato de Vida (SIV) do INEM. Está previsto juntar-se às buscas uma aeronave da Força Aérea Portuguesa”, explica a AMN.

Segundo o texto, “o jovem encontrava-se a banhos, quando alegadamente terá desaparecido no mar”. O Gabinete de Psicologia da Polícia Marítima foi ativado e encontra-se a prestar apoio aos familiares do desaparecido.