Sociedade

Avião da TAP colide com moto durante aterragem no aeroporto da Guiné Conacri e faz duas vítimas mortais

3 setembro 2022 8:57

Foto: TAP

O incidente que provocou a morte dos dois ocupantes do veículo motorizado já está a ser investigado

3 setembro 2022 8:57

Um avião da TAP colidiu com uma motorizada durante a aterragem no aeroporto da Guiné Conacri, provocando a morte dos dois ocupantes do veículo, informou a companhia aérea, garantindo que “foram cumpridos todos os procedimentos de segurança”.

Num comunicado divulgado esta madrugada, a TAP refere que “o voo TP1492 registou um acidente na aterragem no aeroporto da Guiné Conacri, quando uma moto tentou atravessar a pista”.

“Passageiros e tripulantes estão todos bem”, assegura.

O comunicado não precisa o dia e hora do acidente, mas o portal NewsAvia refere que ocorreu na noite de sexta-feira, no Aeroporto Internacional de Conacri, na Guiné, envolvendo um Airbus A320neo da TAP que tinha descolado de Lisboa pelas 20:32.

Segundo a companhia, “foram cumpridos todos os procedimentos de segurança, mas, ainda assim, não foi possível evitar o referido acidente”

“A TAP está naturalmente a colaborar com as autoridades locais para se apurarem as circunstâncias que levaram a esta lamentável situação”, afirma, lamentando “profundamente o sucedido”.

A Autoridade Guineense de Aviação Civil está a investigar o acidente. “Uma investigação conduzida pela Autoridade de Aviação Civil da Guiné, com o apoio do Departamento de Segurança e Proteção, está em curso para averiguar as causas e as responsabilidades das partes envolvidas”, lê-se uma nota do Aeroporto Internacional Ahmed Sékou Touré publicada na rede social Twitter.

O portal de notícias Guineenews.org avança que na motorizada circulavam dois seguranças que “tentavam atravessar a pista quando foram sugados por um dos motores da aeronave que acabara de aterrar”.

(noticia atualizada às 13:00 horas)