Loading...

Sociedade

Seca na Guarda: três concelhos estão a ser abastecidos pelos bombeiros

Câmara da Guarda fecha torneiras e pede contenção aos consumidores

A Câmara da Guarda vai deixar de regar um terço dos jardins da cidade e de repor água nas piscinas e fontes, para reduzir gastos de água. Neste momento, os bombeiros já abastecem três aldeias do concelho.

A barragem que permite momentos lúdicos e mata a sede aos animais é cada vez menos um caldeirão. Sem chuva e com descargas para abastecer os concelhos de Celorico da Beira e Fornos, o nível da água baixou um metro em menos de dois meses.

A barragem que armazena água de abastecimento à população da Guarda perdeu a configuração de julho.

A ordem é para reduzir os consumos. Onde as captações naturais de água secaram já os bombeiros foram chamados com os camiões cisterna.

Soaram as campainhas de alarme e o plano de redução já está na rua.

Por enquanto, a Câmara da Guarda não vai agravar as tarifas da água. Fecha torneiras e pede contenção aos consumidores na expectativa de que a chuva, ainda incerta, possa evitar medidas mais drásticas.

+ Vídeo