Sociedade

Lisboa: oposição quer suspender novos alojamentos locais por mais seis meses

29 agosto 2022 9:39

josé fernandes

Proposta que será apresentada para discussão pela oposição na Câmara de Lisboa abrange 14 freguesias

29 agosto 2022 9:39

A oposição na Câmara de Lisboa (Partido Socialista, Bloco de Esquerda e Livre) quer prolongar por mais seis meses a proibição de abertura de novos alojamentos locais (AL) em 14 freguesias. De acordo com o “Diário de Notícias”, a proposta pretende prorrogar a interdição nas freguesias com um número de fogos afetos ao alojamento local que exceda os 2,5% do parque habitacional.

A proposta que será apresentada para discussão e votação do executivo camarário pretende que a suspensão se mantenha até março do próximo ano, isto é, até que haja um novo regulamento municipal para o AL. Para já, a interdição está em vigor até outubro.

A medida do PS, BE e Livre abrange Ajuda, Alcântara, Areeiro, Arroios, Avenidas Novas, Belém, Campo de Ourique, Estrela, Misericórdia, Parque das Nações, Penha de França, Santa Maria Maior, Santo António e São Vicente. Ficam fora da suspensão as freguesias de Alvalade, Beato, Benfica, Campolide, Carnide, Lumiar, Marvila, Olivais, Santa Clara e São Domingos de Benfica.