Sociedade

Mais de 200 operacionais combatiam dois fogos ativos pelas 6h45, incêndio de Vila Real voltou a ser dado como dominado

25 agosto 2022 8:32

anadolu agency

Mais de 200 operacionais combatiam pelas 06h45 os dois fogos ativos em Portugal continental, com o incêndio no concelho de Valpaços, Vila Real, a mobilizar o maior número de meios. O incêndio que deflagrou domingo na Samardã, no mesmo distrito, voltou a ser dado como dominado esta noite

25 agosto 2022 8:32

Mais de 200 operacionais combatiam pelas 06h45 os dois fogos ativos em Portugal continental, com o incêndio no concelho de Valpaços, Vila Real, a mobilizar o maior número de meios, segundo dados da proteção civil.

Segundo a página na Internet da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), os dois incêndios estavam a mobilizar 208 operacionais, com o apoio de 61 meios terrestres.

O incêndio que mais meios mobilizava era o que deflagrou às 17h35 de quarta-feira na localidade de Lamas, freguesia de Ervões, concelho de Valpaços, no distrito de Vila Real, com 155 operacionais, apoiados por 47 veículos.

Fonte da Guarda Nacional Republicana GNR disse esta quinta-feira à Lusa que a Estrada Nacional (EN) 213 que liga Valpaços a Mirandela, cortada devido à reativação do incêndio foi reaberta à circulação pelas 23h15 de quarta-feira.

Este incêndio sofreu na quarta-feira uma reativação no “mesmo local e mesma linha de incêndio”, segundo explicou à Lusa fonte da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC).

Em curso está também o incêndio que deflagrou às 19h33 de quarta-feira na localidade de Vilela, freguesia de Rio Douro, concelho de Cabeceiras de Basto, no distrito de Braga, que estava a ser combatido por 53 operacionais, com o apoio de 14 veículos.

De acordo com a ANEPC, às 06h45 mais de 900 operacionais combatiam 21 incêndios - entre fogos em curso, resolução e conclusão - em Portugal continental, com o auxílio de 289 veículos.

Pelas 00h30 desta quinta-feira havia ainda cinco fogos ativos.

Fogo de Vila Real novamente dado como dominado

O incêndio que deflagrou no domingo na Samardã, em Vila Real, e que sofreu uma reativação na quarta-feira à tarde, voltou a ser dado como dominado na noite de quarta-feira, segundo a Proteção Civil.

Segundo a página oficial na Internet da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), o fogo que deflagrou no concelho de Vila Real estava pelas 23h50 em resolução.

No terreno, mantinham-se, pelas 00h10 desta quinta-feira, 319 operacionais, apoiados por 91 viaturas.

A reativação do fogo na tarde de quarta-feira, foi potenciada pelas alterações das condições meteorológicas, nomeadamente a direção e intensidade do vento no local, não colocou casas em perigo, referiu pelas 20h00 o comandante distrital de operações de socorro (CODIS) de Vila Real, Miguel Fonseca.

O presidente da Câmara de Vila Real, Rui Santos, contabilizou esta quarta-feira uma área ardida de cerca de 6000 hectares.