Sociedade

PJ deteve dois militares da GNR por corrupção

6 abril 2022 13:41

Hugo Franco

Hugo Franco

Jornalista

A PJ já desmantelou o grupo violento Foto: Jcornelius

Operação da PJ faz cinco detidos. Realizaram-se buscas em duas em sedes de empresas e uma no subdestacamento de Controlo Costeiro de Peniche da GNR

6 abril 2022 13:41

Hugo Franco

Hugo Franco

Jornalista

A Unidade de combate à corrupção da PJ deteve dois elementos da GNR por suspeitas de crimes de corrupção passiva e corrupção ativa e de tráfico de estupefacientes. São suspeitos do recebimento de contrapartidas, com a finalidade de evitar as fiscalizações a empresários.

Esta "operação Merluccios" levou à detenção de cinco homens, com idades entre os 46 e os 53 anos, tendo sido realizadas onze buscas, sendo oito em domicílios, duas em sedes de empresas e uma ao Subdestacamento de Controlo Costeiro de Peniche da GNR.

Um comunicado da GNR refere que a Guarda "irá proceder ao levantamento do respetivo procedimento disciplinar inerente a este tipo de situações", reafirmando o seu compromisso de "tolerância zero a todas as formas de corrupção, e outros fenómenos de criminalidade".

Os detidos vão ser sujeitos a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Instrução Criminal de Leiria, para aplicação de medida de coação.