Sociedade

Mulher condenada a 80 dias de prisão por difamação de assistentes sociais nas redes sociais

3 novembro 2021 10:03

thomas white

Advogado da defesa vai recorrer, alegando que a condenada apresenta uma doença do foro psiquiátrico

3 novembro 2021 10:03

O Tribunal de Vila Verde condenou uma mulher a 80 dias de prisão efetiva por ter insultado, através do e-mail e do Facebook, duas assistentes sociais. De acordo com o “Jornal de Notícias”, a mulher usou palavras como “incompetentes”, “ladras”, “invejosas”, “criminosas” e “cabras”. A juíza alerta que esta não foi a primeira vez que a arguida foi julgada pelo mesmo tipo de crimes - difamação e injúria.

“Tendo já sido condenada em penas de multa, penas de prisão substituídas por multa e suspensas na sua execução, com regime de prova, isso não a impediu de reafirmar o seu comportamento delituoso”, disse a juíza. Para além dos 80 dias de prisão, terá de pagar 500 euros a cada uma das assistentes sociais.

A arguida já tinha sido julgada 17 vezes pelo mesmo tipo de crime. A mulher não compareceu no julgamento onde foi condenada pelo crime de difamação. O caso aconteceu em julho de 2018. O advogado da condenada vai recorrer, alegando que a mulher tem “um atestado de incapacidade de grau 5” por apresentar uma doença do foro psiquiátrico.