Sociedade

Professor condenado por abuso de alunas menores só fica impedido de lecionar quando decisão transitar em julgado

2 novembro 2021 10:29

andrew brookes/getty images

Professor abandonou a escola onde ocorreram os abusos, mas continuou a lecionar noutra escola

2 novembro 2021 10:29

Um professor de 49 anos foi condenado pelo Tribunal de Penafiel a cinco anos de prisão. O docente cometeu, segundo o "Jornal de Notícias", 15 crimes de abuso sexual de menores: as vítimas são duas alunas de nove e 12 anos. O arguido fica, ainda, proibido de exercer funções que envolvam menores durante um período de cinco anos. Contudo, a medida só entra em execução depois da decisão transitar em julgado, o que ainda não aconteceu.

Os crimes ocorreram no ano letivo de 2014/2015 numa escola em Penafiel, mas a queixa só foi formalizada cinco anos depois das menores terem feito queixa aos responsáveis da escola.

O professor terá deixado a escola depois do sucedido, mas continuou a lecionar noutro estabelecimento de ensino em Vila Real. As vítimas vão receber uma indemnização de 1700 e 1400 euros, enquanto o professor será obrigado a realizar uma avaliação clínica na área da sexualidade.