Sociedade

Nova travessia sobre o Douro envolta em discórdia: alteração ao traçado pode custar €300 milhões

2 novembro 2021 16:45

Isabel Paulo

Isabel Paulo

Jornalista

Projeto do Gabinete Edgar Cardoso, Engenharia e Laboratório de Estruturas, 1º classificado no Concurso Internacional de Conceção da ponte do Metro Porto/Gaia

Academia contesta localização e cota alta da nova ponte do Metro do Porto. Faculdade de Arquitetura teme que pilares da travessia caiam na vertical em propriedade da Universidade do Porto, o que inibirá a expansão do Polo do Campo Alegre. Reitoria ainda não recebeu comunicação de expropriação de terrenos

2 novembro 2021 16:45

Isabel Paulo

Isabel Paulo

Jornalista

A dois meses da seleção final do consórcio vencedor do Concurso Internacional de Conceção da 7ª ponte que cruzará o Douro entre Porto e Vila Nova de Gaia está instalada a contestação quanto à localização da infraestrutura que servirá a segunda linha de metro das duas cidades. A ponte estimada em €50 milhões, a financiar através de verbas do PRR, terá de estar concluída até ao final de 2025, “sob pena de o país perder €300 milhões”, garante ao Expresso o Conselho de Administração da Metro do Porto, referindo ser este o custo total do conjunto da travessia e da nova linha de metro Porto/Gaia, que ligará a Casa da Música e Campo Alegre, na margem direita do Douro, ao Candal, Devesas e Santo Ovídio, na margem sul.