Sociedade

Açores: voto contra o orçamento do Iniciativa Liberal pode levar à queda do Governo de coligação PSD-CDS-PPM

27 outubro 2021 10:37

O Presidente do Governo Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro, discursa durante a cerimónia de tomada de posse do Governo Regional dos Açores, uma coligação entre PSD, CDS e PPM

eduardo costa

“Devemos ir a eleições”, defende o Iniciativa Liberal, em caso de chumbo nos Açores do Plano e Orçamento para 2022

27 outubro 2021 10:37

O Iniciativa Liberal anunciou, esta terça-feira, que vai votar contra o Plano e Orçamento para 2022 nos Açores. Nuno Barata, deputado da IL, diz ser “inevitável” o cenário de eleições regionais antecipadas caso não haja aprovação. "A haver chumbo de orçamento e queda de governo, devemos ir a eleições", diz ao “Diário de Notícias”.

O deputado considera que a decisão está “do lado do Governo” e, com a discussão do Plano e Orçamento marcada para novembro, há “tempo para apresentar um documento revisto", uma vez que, na perspetiva do partido, “este plano e orçamento não tem condições de ser aprovado".

"O plano de investimento que nos é apresentado é o maior de sempre, são quase 900 milhões de euros de investimento. Isso acarreta, em termos orçamentais, um aumento da dívida pública em 295 milhões de euros. Ao contrário do que é costume, que é fazer contas de mercearia e exigir mais isto e aquilo, o que estamos aqui a fazer é precisamente o inverso: dizer ao Governo que tem que cortar no plano para poder cortar no endividamento. Com a região endividada aos níveis que está não tem futuro, a sua autonomia fica cada vez mais em risco", diz Nuno Barata.