Sociedade

Exame de Geometria Descritiva interrompido devido a erro no enunciado. Alunos tiveram 30 minutos suplementares de prova

6 julho 2021 8:08

nuno botelho

Erro foi detectado quando os alunos já estavam a realizar a prova. Exames passam por um conjunto de dez a 12 pessoas

6 julho 2021 8:08

O enunciado do exame nacional de Geometria Descritiva A tinha um erro no item 3 da prova. O erro foi detectado, segundo o jornal “Público”, no início da tarde de segunda-feira, quando os alunos já estavam a realizar a avaliação. A situação foi corrigida através de uma errata enviada a todas as escolas. Os estudantes tiveram 30 minutos extra de tolerância para concluir a prova.

“Na descrição dos elementos geométricos é feita referência a uma reta ‘oblíqua’. O termo ‘oblíqua’ é desnecessário para a resolução solicitada no item, sendo que os dados apresentados para a resolução estão corretos e descrevem a reta como ‘frontal’”, explica o Instituto de Avaliação Educativa (IAVE), responsável pela elaboração das provas nacionais.

Um exame nacional passa, no mínimo, por dez a 12 pessoas: os dois autores da prova, um conjunto de docentes que analisam a prova, um conjunto de auditores e ainda por uma equipa técnica, especializada na organização de exames.

Depois de “enviada errata aos secretariados de exame de todas as escolas onde se realizava o exame, com carácter de urgência, esclarecendo o assunto junto dos alunos que se encontravam a realizar a prova”, foi “disponibilizado um período adicional de 30 minutos além do tempo regulamentar”.