Sociedade

Criança desaparecida em Proença-a-Velha. PJ inclina-se para tese de desaparecimento acidental e não ação criminosa

17 junho 2021 11:21

Hugo Franco

Hugo Franco

Jornalista

Rui Gustavo

Rui Gustavo

Jornalista

Depoimentos são unânimes em considerar a família do menino de 2 anos como "estruturada" e "trabalhadora". Foram encontrados uns calções, uma fralda e uma galocha junto a um rio, supostamente pertencentes a Noah

17 junho 2021 11:21

Hugo Franco

Hugo Franco

Jornalista

Rui Gustavo

Rui Gustavo

Jornalista

Os inspetores da Polícia Judiciária inclinam-se para a tese de "desaparecimento acidental" de Noah, a criança de 2 anos que está a ser procurada pelas autoridades desde as 8h30 de quarta-feira em Proença-a-Velha, Castelo Branco. "Até ao momento, não existem indícios de que tenham sido vítima de uma ação criminosa mas nesta altura nada é definitivo", revela uma fonte oficial da PJ. Uma informação que foi confirmada por outra fonte da PJ.