Sociedade

“O mundo não ficou nem um bocadinho melhor por eu ter sido ilibado”: o caso do voluntário Miguel Duarte e do “mistério” dos quatro acusados

3 março 2021 22:39

Miguel Duarte

nuno botelho

Miguel Duarte, 28 anos, foi ilibado pela justiça italiana da acusação de auxílio à imigração em situação ilegal no Mar Mediterrâneo, mas não considera que conseguiu “propriamente uma vitória” - outras quatro pessoas da tripulação do navio civil de salvamento e resgate Iuventa, da qual ele fazia parte, foram formalmente acusadas e arriscam 20 anos de prisão. Fizeram todos o mesmo e nada de errado, segundo o próprio Miguel Duarte, motivo pelo qual considera “um mistério” haver acusados e ilibados. “[Está em curso] a criminalização da solidariedade, a criminalização da ajuda humanitária. Tal como em 2017, vemos hoje esforços tão grandes por parte das autoridades italianas - e não só - para acabarem com a ajuda humanitária.” O Iuventa salvou 14 mil pessoas no Mediterrâneo num só ano

3 março 2021 22:39