Sociedade

Portugal é “uma anomalia” na adoção de crianças: “Há o mito de que basta dar amor. Não é verdade”

16 dezembro 2020 23:55

Tiago Soares

Tiago Soares

Jornalista

kevin frayer

O Estado português não consegue garantir famílias de acolhimento a 97% das crianças que mais precisam delas. Não há outro país na Europa que seja assim tão incapaz. Este ano houve mais adoções iniciadas mas menos adoções bem-sucedidas que no ano passado. Há nova legislação que promete colmatar as falhas - e “não há direito a errar”

16 dezembro 2020 23:55

Tiago Soares

Tiago Soares

Jornalista

“Portugal é uma anomalia.” Especialistas de todo o mundo reuniram-se em setembro de 2018 no Porto e concluíram isto mesmo: “Portugal é uma anomalia”. A ocasião era o 15º congresso bianual da European Scientific Association on Residential & Family Care for Children and Adolescents (EUSARF) e o assunto era sério: os sistemas nacionais de acolhimento e adoção de crianças.