Sociedade

Amianto: 14 casos de cancro na Judiciária de Braga

21 julho 2020 10:50

Expresso

Existem suspeitas que exista uma relação entre os casos de doença e o amianto presente em vários edifícios devolutos existentes à volta do departamento da PJ

21 julho 2020 10:50

Expresso

Nos últimos 10 anos, houve pelo menos 12 casos de doença oncológica de pessoas – das quais, cinco faleceram - que trabalharam no Departamento de Investigação Criminal da PJ de Braga, noticiam o “Correio da Manhã” e o “Jornal de Notícias” esta terça-feira.

A anormal incidência de casos de cancro detetados entre os inspetores da Polícia Judiciária de Braga levou a Associação Sindical dos Funcionários de Investigação Criminal (ASFIC) a enviar uma participação à Provedoria de Justiça.

Existem suspeitas que exista uma relação entre os casos de doença e o amianto presente em vários edifícios devolutos existentes à volta do departamento.

Na segunda-feira, o Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA) fez uma inspeção no edifício, de modo a verificar a qualidade do ar

“Temos uma incidência de casos de cancro muito acima da média. Nos últimos 10 anos, morreram ou tiveram problemas oncológicos pelo menos 12 funcionários do departamento de Braga. Não é normal. Vários morreram pouco depois da aposentação”, explicou o Francisco Figueiredo, dirigente da ASFIC, ao “JN”.