Sociedade

Imagine que é preso no estrangeiro, não percebe a língua e não tem intérprete para português

7 julho 2020 11:32

Tiago Soares

Tiago Soares

Jornalista

marcos borga

Investigadores alertam que Portugal desvaloriza as barreiras linguísticas no sistema judicial. O acesso que os arguidos estrangeiros têm a intérpretes “deixa muito a desejar”, seja por não haver, seja por serem amadores sem preparação. É necessário regulamentar a profissão e até já há diretiva europeia – só falta aplicá-la

7 julho 2020 11:32

Tiago Soares

Tiago Soares

Jornalista

Em 2018, uma cidadã alemã foi detida em Portugal por conduzir embriagada. É crime: foi acusada e decretado termo de identidade e residência. Mas o Tribunal da Relação de Évora declarou inválidos todos os atos processuais, e as duas medidas foram anuladas.