Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Prisão de Vara. “Um caso que a Justiça decidiu julgar de forma exemplar”

Ricardo Costa e Manuela Moura Guedes consideram a pena de Armando Vara “exemplar”, pela falta de arrependimento mostrada e pelo cargo que ocupava. Consideram ainda que Vara não diz a verdade quando se afirma inocente

.

  • Do pronto-a-vestir até ao Governo: a vida de Armando Vara

    Nascido no distrito de Bragança, Vara foi a deputado, secretário de Estado, ministro e administrador da Caixa Geral de Depósitos e do BCP. Aos 64 anos, é o primeiro português a ser condenado exclusivamente pelo crime de tráfico de influência, desde que o ilícito entrou para o Código Penal

  • Vara fica em prisão para quem precisa de proteção especial

    Prisão é destinada a polícias, militares, magistrados, jornalistas e políticos. Foi em 2008, no Governo de José Sócrates, que o Estabelecimento Prisional de Évora ficou com um estatuto diferente e passou a ser destinada a quem precisa de proteção especial. Armando Vara entregou-se para cumprir uma pena de cinco anos

  • Vídeo. Armando Vara na chegada à prisão de Évora: pena é “extremamente injusta”

    Armando Vara entregou-se esta quarta-feira no Estabelecimento Prisional de Évora. Na chegada à cadeia de Évora, Armando Vara revelou aos jornalistas que sentia “uma certa indignação mal contida”. O antigo ministro disse que a pena de cinco anos de prisão a que foi condenado é “extremamente injusta” e defendeu, uma vez mais, que é inocente. Vara considerou ainda que este é um “momento difícil”