Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Aberto inquérito à morte de idosa que esperou várias horas por transporte 

Morte de idosa está a ser investigada por possível negligência

Foi aberto um inquérito à morte de uma idosa que esperou várias horas para ser transportada do hospital de Tondela para o Centro hospitalar de Viseu.

As transferências de doentes urgentes estão a ser recusadas por várias corporações de bombeiros em desacordo com o modelo de pagamento proposto pelo centro hospitalar.

Duas corporações e uma empresa de transporte foram contactadas para efetuar o transporte, mas acabaram por se mostrar indisponíveis por falta de recursos humanos.

O problema do transporte de doentes entre os hospitais de Tondela e Viseu são antigos. A administração do Centro hospitalar não consegue chegar a acordo com as corporações de bombeiros do distrito de Viseu, que recusam receber menos pelos serviços, em relação ao valor pago por outros centros hospitalares.