Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

PSP proíbe garrafas de vidro e mochilas maiores que folhas A3 no ano novo de Lisboa

Jose Manuel Ribeiro

Noite de passagem de ano no Terreiro do Paço vai ser fortemente vigiada. Haverá restrições ao trânsito e revistas

Hugo Franco

Hugo Franco

Jornalista

A noite de passagem de ano vai ser fortemente vigiada pela PSP nas grandes cidades. Em Lisboa, a Praça do Comércio será considerada "um recinto improvisado", motivo pelo qual vão ser criados perímetros de segurança e a criação de nove locais de acesso com revistas aos foliões.

Não serão permitidos no recinto garrafas e copos de vidro, bem como chapéus de chuva com hastes compridas. Também as mochilas e bolsas não podem ser maiores do que uma folha A3. A PSP pede também que se evite trazer para o Terreiro do Paço carrinhos de bebés ou cadeiras de rodas. "Caso seja imperioso levarem, pela razão da idade dos bebés e/ou mobilidade do utilizador, a PSP aconselha a evitarem a concentração na zona mais próxima ao Cais das Colunas."

A partir das 17h do dia 31, o trânsito vai totalmente proibido naquela zona da cidade. Os principais cortes do tráfego são feitos na ligação da Av. 24 de Julho à Av. D. Carlos I; Praça Duque de Terceira/ Cais do Sodré (trânsito é desviado para a Rua do Alecrim ou inverte); Av. Infante D. Henrique; Rua da Alfândega na ligação à Praça do Comércio; Praça da Figueira (no acesso à Rua dos Fanqueiros e Rua dos Douradores); Rua do Ouro.

Principalmente durante a madrugada de 1 de janeiro, a PSP vai realizar uma fiscalização intensa aos condutores, penalizando a ingestão de bebidas alcoólicas.

O Comando Metropolitano de Lisboa alerta também para a atuação dos carteiristas, pedindo a quem feste o novo ano no centro da cidade para ter cuidados adicionais com a carteira ou o telemóvel.