Design

Michael Anastassiades, um mestre que desenha com o corpo e com a mente, com curiosidade e inteligência

30 outubro 2022 12:28

Guta Moura Guedes

Guta Moura Guedes apresenta semanalmente o melhor do design

30 outubro 2022 12:28

Guta Moura Guedes

Conheço o designer cipriota Michael Anastassiades desde 2012. Foi por duas vezes convidado por nós para a bienal experimentadesign e por duas vezes tive o prazer de o incluir em projectos que comissariei no âmbito da Primeira Pedra, um deles resultando numa série de objectos contentores para o quotidiano, de grande dimensão, a que deu o nome de Forbidden Fruit, e o outro uma rua permanente em Londres, a Minth Street, cujo pavimento é agora em pedra reciclada portuguesa por ele desenhado.

É curioso pensar que convidei o Michael para trabalhar sobre a pedra portuguesa — material com peso, textura, tridimensionalidade, ancestralidade — mas que o conheci como o designer da luz. Melhor, dos objectos que nos trazem luz. E que é sobre essa imaterialidade, seja ela parte real da própria luz, esteja ela implícita noutros elementos, que Michael se torna único e ímpar. Onde traduz a sua noção de equilíbrio, a sua delicadeza, o seu rigor minucioso, o seu detalhe.