Livros

Príncipe Harry ultrapassa Obama: “Na Sombra” vendeu 1,4 milhões e é o melhor lançamento de sempre em não-ficção

13 janeiro 2023 11:23

O livro do príncipe Harry vendeu 1,4 milhões de exemplares no primeiro dia

jason o’brien/aap

“O primeiro dia completo de vendas de ‘Na Sombra’ representa o maior total de vendas no primeiro dia de qualquer livro de não-ficção já publicado pela Penguin Random House, a maior editora comercial do mundo”, anunciou a empresa em comunicado enviado à imprensa

13 janeiro 2023 11:23

“Na Sombra” (Objectiva), o livro de memória dos príncipe Harry lançado na passada terça-feira, tornou-se na obra de não-ficção mais vendida de sempre no dia de lançamento, superando a autobiografia “Uma Terra Prometida” (Penguin Randon House, editado pela Objectiva em Portugal) do ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama.

De acordo com a editora Penguin Random House, o livro - lançado simultaneamente em 16 línguas - vendeu 1,4 milhões de cópias só nos Estados Unidos, Reino Unido e Canadá. Para este número, segundo a mesma empresa, foram contabilizadas as versões físicas, em e-book e em audiolivro. “O primeiro dia completo de vendas de ‘Na Sombra’ representa o maior total de vendas no primeiro dia de qualquer livro de não-ficção já publicado pela Penguin Random House, a maior editora comercial do mundo”, anunciou a empresa em comunicado enviado à imprensa.

No livro, é contada a história do membro real “sobresselente” que fumou erva e cocaína e que perdeu a virgindade aos 17 anos (com uma mulher mais velha, num descampado atrás de um pub), mas o volume conta com outros capítulos ainda mais polémicos. Neste, Harry afirma que foi aconselhado por William e Kate a escolher o famoso disfarce nazi que usou numa festa e garante que matou 25 talibãs no Afeganistão - falando deles como peças de xadrez que era preciso tirar do tabuleiro.