Revista de imprensa

Novo Banco condenado a indemnizar casal de emigrantes na Suíça por desfalque de funcionário

4 janeiro 2023 11:03

© rafael marchante / reuters

O Tribunal da Relação deu razão ao casal de ex-emigrantes na Suíça, que viram o seu dinheiro desviado por um funcionário do BES, segundo o “Jornal de Notícias”. O Novo Banco vai recorrer

4 janeiro 2023 11:03

O Novo Banco foi condenado a indemnizar em 496.207,46 euros um casal de antigos emigrantes na Suíça, compensando-os pelo roubo de fundos de um antigo funcionário da agência do Banco Espírito Santo (BES) de Lausana, segundo o “Jornal de Notícias” desta quarta-feira, 4 de janeiro.

De 1996 a 2013, o casal depositou junto da antiga agência do BES na cidade suíça 531.336 francos, mais de 480 mil euros, tendo desenvolvido uma relação de confiança com o bancário. Em 2013, viriam a descobrir que, apesar dos comprovativos emitidos em nome do banco, o dinheiro tinha sido desviado pelo antigo funcionário, que chegara a ser gerente.

O Tribunal da Relação de Lisboa confirmou, em novembro, a sentença do Tribunal Cível de Lisboa, que obriga o Novo Banco a pagar a indemnização ao casal.

O Novo Banco anunciou, entretanto, que vai recorrer da decisão ao Supremo Tribunal de Justiça, alegando que a responsabilidade dos factos recai sobre o antigo BES, e não sobre o Novo Banco; e que este era um caso que deveria ter transitado para o “banco mau” aquando da resolução, em 2014.