Revista de imprensa

Sondagem Negócios/CM: direita está à frente da esquerda, mas PS tem mais intenções de voto do que o PSD

Sondagem Negócios/CM: direita está à frente da esquerda, mas PS tem mais intenções de voto do que o PSD
nuno fox

A maior subida é da CDU, que aumenta quase três pontos percentuais em comparação com o mês anterior

A soma das intenções de voto nos partidos que vão do centro-direita até à extrema-direita somam 41,4%, enquanto o conjunto da esquerda obtém 40,3%. No entanto, os resultados do barómetro da Intercampus para o “Jornal de Negócios”, “Correio da Manhã” e “Correio da Manhã TV” deste mês coloca o PS à frente do PSD.

Apesar de estar à frente, o PS perde quatro pontos percentuais em relação ao mês passado, estando agora com 24,2%. O PSD perde cerca de três pontos em comparação com o último barómetro, tendo agora 22% das intenções de voto.

Nesta sondagem, o Chega reforça o seu terceiro lugar: 11,4%, mais 2,2 pontos face a outubro. A Iniciativa Liberal apresenta uma queda, estando agora nas 6,7% de intenções de voto. Já o CDS-PP apresenta 1,3%.

À esquerda do PS, o Bloco mantém os mesmos 6,1% do mês passado, enquanto a CDU sobe quase três pontos percentuais (ficando com 5,4%). Tanto o PAN como o Livre apresentam 2, 3% das intenções de voto.

A sondagem da Intercampus contou com 605 entrevistas telefónicas, recolhidas entre 15 e 20 de novembro de 2022. A margem de erro máximo é de 4%, com um nível de confiança de 95%.

Tem dúvidas, sugestões ou críticas? Envie-me um e-mail: piquete@expresso.impresa.pt

Comentários

Assine e junte-se ao novo fórum de comentários

Conheça a opinião de outros assinantes do Expresso e as respostas dos nossos jornalistas. Exclusivo para assinantes

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para se juntar ao debate
+ Vistas