Revista de imprensa

Hospitais do SNS realizaram menos 15 mil partos na última década

15 setembro 2022 9:09

solen feyissa/unsplash

Lisboa e Vale do Tejo foi a região onde se verificou a maior quebra no número de partos (40%). No lado oposto, foi na região Norte (17%) que se concentrou a menor descida

15 setembro 2022 9:09

Nos últimos 10 anos, os hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) perderam cerca de 15 mil partos. Segundo os dados da comissão que está a estudar a reorganização da rede de referenciação hospitalar de saúde materna a que o “Jornal de Notícias" teve acesso, os hospitais da região de Lisboa e Vale do Tejo (LVT) representam 40% das perdas.

Na última década, em LVT, realizaram-se menos 6500 partos. Ainda assim, esta região é aquela onde atualmente nascem mais bebés. Para este ano estão previstos 24.500 partos. Nesta região há 13 maternidades públicas - o mesmo número de maternidades que há no Norte -, seis delas estão na margem norte e distam menos de 20 minutos entre si. Na região Norte são esperados 21.600 partos em 2022.

Já as regiões que perderam menos partos em 10 anos foram o Norte (17%) e o Centro (18,3%). No Alentejo, apesar de serem apenas menos 850 partos, a quebra é de 27%.