Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Estado entrará com 18% das verbas no plano de investimentos 2030

Getty

Do sector privado são esperados 7568 milhões de euros. Já os fundos europeus previstos atingem os 5750 milhões de euros

O Plano Nacional de Investimentos 2030, que o Governo fará chegar esta sexta-feira ao Parlamento, prevê um total de 72 projetos e um pacote financeiro de 21.950 milhões de euros, avança o “Jornal de Negócios” esta sexta-feira. Dos quase 22 mil milhões de euros de investimento previsto, vão caber diretamente ao Orçamento do Estado 3959 milhões, ou seja, 18%. O sector privado e os fundos europeus, por sua vez, suportarão 60%.

O Sector Empresarial do Estado deverá aportar 1466 milhões de euros aos projetos para a próxima década e com a redução dos encargos com as parceria público-privadas será possível ir buscar mais 1586 milhões, que integrarão o orçamento da Infraestruturas de Portugal.

Do sector privado são esperados 7568 milhões de euros. Os fundos europeus previstos atingem os 5750 milhões de euros.

Já o Fundo Ambiental, que tem como objetivo ser um instrumento de financiamento da descarbonização da economia, será chamado a contribuir com 1620 milhões para os investimentos a realizar até 2030.

O documento será hoje submetido à Assembleia da República, onde o primeiro-ministro António Costa pretende reunir o apoio “de uma maioria alargada”, depois de ter sido ontem discutido em Conselho de Ministros.