Política

Líder da oposição interna diz ter reais hipóteses de ganhar a Ventura e alerta para “risco sério de partido ser ilegalizado”

25 novembro 2022 17:17

Nuno Afonso, ex-vice-presidente, vogal da direção e vereador em Sintra

“Na cabine de voto não está a Comissão de Ética. Está uma caneta e um papel”, diz Nuno Afonso ao Expresso. O agora vereador independente em Sintra acusa o presidente do partido de tentar fazer do Chega “o seu reino privado”

25 novembro 2022 17:17

Militante número 2 do Chega, ex-vice-presidente do partido e ainda vogal da direção, Nuno Afonso viu esta semana a distrital de Lisboa retirar-lhe a confiança política enquanto vereador na Câmara de Sintra. Em resposta, o agora autarca independente disse não excluir a hipótese de avançar com um processo-crime contra o partido que ajudou a fundar. Numa curta conversa com o Expresso, afirma ter reais hipóteses de ganhar num eventual embate contra o presidente do Chega, André Ventura. E alerta para “o risco sério de o partido ser ilegalizado”.