Política

Candidatos à liderança da IL já em campanha, mas a duas velocidades

19 novembro 2022 11:37

manuel de almeida

Maioria das listas candidatas ao Conselho Nacional são críticas da atual direção. Dois candidatos à liderança já estão em campanha, mas a ritmos diferentes

19 novembro 2022 11:37

Desde que Cotrim Figueiredo anunciou a renúncia à presidência da Iniciativa Liberal (IL), o ainda líder pouco tem aparecido e prepara-se já para sair de cena. Depois de ter declarado o apoio instantâneo a Rui Rocha, prefere dar agora espaço aos dois candidatos à corrida à liderança, numa altura em que aumentam as vozes críticas da atual direção. “O timing é perfeito”, ironiza um conselheiro, em declarações ao Expresso. Além de quase metade dos membros do Conselho Nacional terem obrigado o partido a convocar uma reunião extraordinária de emergência face à proposta de revisão constitucional, acusando a comissão executiva de “desconsideração”, as listas aos órgãos sociais — que vão a votos na Convenção, de 21 e 22 de janeiro —, são também prova da crescente divisão no partido.

Das cinco listas ao Conselho Nacional, quatro delas são constituídas por membros críticos da atual direção, ao que apurou o Expresso. Só a lista que deverá ser encabeçada por Mariana Leitão, atual presidente do Conselho Nacional e que representará uma linha de continuidade, é exceção. De resto, as listas lideradas pelo coronel Nuno Simões de Melo, deputado municipal em Mafra, Miguel Ferreira da Silva, ex-presidente da IL e deputado municipal em Lisboa, Cristiano Santos, ex-cabeça de lista por Aveiro nas legislativas, e José Cardoso, um dos conselheiros que acusaram a direção de levar a cabo uma “gestão centralista” na última reunião magna, tecem fortes críticas à comissão executiva. Direção essa ainda liderada por Cotrim de Figueiredo, da qual fazem parte também Rui Rocha e Carla Castro.