Política

Implantação da República foi há 112 anos. A cerimónia volta à rua

Câmara Municipal de Lisboa
Câmara Municipal de Lisboa

Depois de dois anos com a cerimónia comemorativa da Implantação da República a ser assinalada no interior do edifício da Câmara de Lisboa, por causa da pandemia, os 112 anos da República vão ser hoje celebrados ao ar livre, na Praça do Município. A cerimónica começa às 12h10

Depois de dois anos com a cerimónia comemorativa da Implantação da República a ser assinalada no interior do edifício da Câmara de Lisboa, por causa da pandemia, os 112 anos da República vão ser hoje celebrados ao ar livre, na Praça do Município, junto da população que quiser assistir à cerimónia, que começa às 12:10, com o hastear da Bandeira Nacional.

Este 05 de Outubro será o primeiro com Carlos Moedas nas funções de presidente da Câmara Municipal de Lisboa -- há um ano era presidente eleito, mas ainda não tinha tomado posse, e quem discursou foi o cessante Fernando Medina -- e num quadro de maioria absoluta do PS, resultante das eleições legislativas de 30 de janeiro deste ano.

O Presidente da República, que irá discursar, tem aproveitado esta data histórica para se dirigir aos políticos, com alertas sobre a saúde da democracia.

No plano interno, o chefe de Estado tem alertado para as dificuldades que os portugueses poderão enfrentar no próximo ano e apelado à divulgação pelo Governo do cenário macroeconómico que irá acompanhar a proposta de Orçamento do Estado para 2023, a apresentar dentro de cinco dias.

Em 2021, Marcelo Rebelo de Sousa defendeu que se deve fazer do 05 de Outubro "uma data viva" e pediu um país "mais inclusivo", que entre a tempo no "novo ciclo da criação de riqueza".

Depois da cerimónia nos Paços do Concelho, Marcelo Rebelo de Sousa irá para o Palácio de Belém, cujos jardins estão abertos ao público entre as 10:00 e as 18:00, tal como o Museu da Presidência, para assinalar os 112 anos da República.

O primeiro-ministro, António Costa, também marcará presença na Praça do Município e segue para o jardim do Palacete de São Bento, para inaugurar uma exposição de arte contemporânea portuguesa, com uma seleção de 15 artistas.

Também a Assembleia da República vai estar de portas abertas, entre as 15:00 e as 18:00 para comemorar a revolução republicana de 1910.

Na quarta-feira à tarde, quem visitar o parlamento poderá ver o original da Constituição de 1911, da I República, assim como as propostas que nesse período da história nacional foram apresentadas para o busto da República.

As maquetas do concurso aberto na época para a estátua da República do hemiciclo vão estar expostas nos corredores do parlamento e, às 18:00, na Sala do Senado, uma formação da Orquestra Sinfónica do Algarve dará um concerto, com entrada livre.

Tem dúvidas, sugestões ou críticas? Envie-me um e-mail: clubeexpresso@expresso.impresa.pt

Comentários

Assine e junte-se ao novo fórum de comentários

Conheça a opinião de outros assinantes do Expresso e as respostas dos nossos jornalistas. Exclusivo para assinantes

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para se juntar ao debate
+ Vistas