Política

Eleições nos Açores: PS perde a maioria absoluta. Chega, PAN e Iniciativa Liberal conseguem eleger

25 outubro 2020 20:02

andré kosters

Resultado definitivo mostra que PS perdeu a maioria. Parlamento regional passa a contar com oito forças políticas

25 outubro 2020 20:02

Os resultados oficiais confirmam que o PS acaba de perder a maioria absoluta que tinha nos Açores. Nestas eleições, outra novidade: tanto Chega como PAN e Iniciativa Liberal conseguiram eleger deputados... e a CDU perdeu o único que tinha.

Os socialistas, que tinham colocado como objetivo claro a maioria absoluta, ficaram claramente aquém: precisavam de 29 deputados, mas só conseguiram ocupar 25 dos assentos. Uma derrota significativa: há 24 anos que o PS governa a região dos Açores, quase sempre em maioria, e por isso mesmo este era um dos primeiros objetivos da oposição.

Isto coloca uma dúvida: a governação da ilha poderá, assim passar pela formação de uma maioria através de uma 'geringonça'; mas será preciso ouvir os representantes dos partidos, que ainda não reagiram aos resultados finais, para perceber quais as hipóteses de entendimentos. Em princípio, o PS não conseguirá arranjar assim uma solução para chegar aos necessários 29 deputados, uma vez que nem juntando-se a CDS (que elegeu três) nem a Bloco de Esquerda (que mantém os dois deputados que tinha) conseguiria formar maioria.

A composição do Parlamento regional fica claramente bem mais diversificada. Uma das grandes novidades desta eleição é que os partidos mais pequenos conseguiram entrar na Assembleia (o Chega com 2, o PAN com 1 e a Iniciativa Liberal com 1 - estes dois últimos graças ao círculo de compensação).

A derrota mais clara será mesmo a da CDU, que perde o único deputado que elegeu há quatro anos e fica assim sem representação no arquipélago.

Os resultados finais são estes:

PS - 25 mandatos (39,13% dos votos)
PSD – 21 (33,74%)
CDS – 3 (5,51%)
Chega – 2 (5,06%)
BE – 2 – (3,81%)
PPM – 2 (2,34%)
IL – 1 (1,93%)
PAN – 1 (1,93%)

[Artigo atualizado às 23h22]