Política

Ventura procura apoio junto da família Bolsonaro

5 junho 2020 11:00

nuno botelho

Partido de André Ventura prepara-se para trabalhar com o grupo de Salvini e faz contactos nos EUA e no Brasil

5 junho 2020 11:00

Numa altura em que o Chega sobe nas sondagens — a Pitagórica colocava-o há uma semana como terceira força política —, o partido liderado por André Ventura procura dar o salto para estabelecer ligações internacionais ao nível europeu e do continente americano.

O Expresso sabe que o partido teve uma reunião via Zoom há cerca de um mês com o grupo do Parlamento Europeu Identidade e Democracia (ID), que integra as forças políticas de direita nacionalista e de extrema-direita, como a Liga italiana de Matteo Salvini, que manifestou interesse em trabalhar com o Chega e em acolher o partido apesar de este não ter eurodeputados. O Chega aguarda apenas a carta formal do coordenador internacional do grupo de 73 deputados de nove países, que deverá “chegar em breve”.

Este é um artigo exclusivo. Se é assinante clique AQUI para continuar a ler. Para aceder a todos os conteúdos exclusivos do site do Expresso também pode usar o código que está na capa da revista E do Expresso.

Caso ainda não seja assinante, veja aqui as opções e os preços. Assim terá acesso a todos os nossos artigos.