Política

CDS critica escolha de Rui Tavares para telescola e exige intervenção do Governo

4 maio 2020 19:26

Ana Rita Bessa, deputada CDS, com a pasta da Educação

antónio cotrim/ lusa

O partido liderado por Francisco Rodrigues dos Santos entende que a utilização de um excerto do programa do historiador e dirigente do Livre é inaceitável e conduz a uma “análise deturpada” dos motivos que estiveram na origem da Exposição do Mundo Português pelo Estado Novo.

4 maio 2020 19:26

A polémica nasceu nas redes sociais e rapidamente migrou para o Parlamento. A utilização de um excerto do programa do historiador e dirigente do Livre, Rui Tavares, numa aula virtual de história sobre a Exposição do Mundo Português, motivou duras críticas de Nuno Melo, que não poupou nas palavras. A utilização do referido excerto de seis minutos, argumentou o eurodeputado do CDS, era um exercício de destilação de “ideologia”, “transformando alunos em cobaias do socialismo”, e “uma aviltante e ignóbil revolução cultural em marcha que pais sem recursos não podem evitar”. Em resumo: “[É] Política travestida de educação. Miséria”, escreveu o democrata-cristão. David Justino, vice-presidente do PSD, saiu em defesa de Rui Tavares