Política

Portugal lamenta as 30 mortes causadas pelas intensas chuvas na Indonésia

2 janeiro 2020 14:46

mast irham/epa

O Governo português lamentou esta quinta-feira a morte de pelo menos 30 pessoas causadas pelas chuvas intensas na Indonésia, divulgou num comunicado o Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE)

2 janeiro 2020 14:46

"O Governo português lamenta profundamente a perda de vidas humanas, o sofrimento e os avultados prejuízos materiais causados pelas chuvas particularmente intensas na Indonésia, sobretudo na região da capital, Jacarta, que provocaram o transbordo de rios e o aluimento de terras", indicou a nota do MNE.

De acordo com o comunicado, "o Governo português apresenta sentidas condolências ao Governo e ao povo indonésios, bem como aos familiares das vítimas, fazendo votos de rápida recuperação dos feridos e que as pessoas afetadas pelas cheias e pelas derrocadas possam retomar as suas vidas, com a brevidade possível".

"Portugal reitera o seu compromisso, ao nível global, em contribuir ativamente para a promoção de medidas que reduzam o impacto das alterações climáticas e promovam a proteção do ambiente", refere ainda a nota do MNE.

As inundações que atingiram a capital da Indonésia, Jacarta, na véspera do Ano Novo provocaram pelo menos 30 mortos.

As chuvas torrenciais e a subida dos rios inundaram mais de uma centena e meia de bairros e causaram deslizamentos de terra nos distritos de Bogor e Depok, nos arredores de Jacarta, de acordo com o porta-voz da Agência Nacional de Gestão de Desastres, Agus Wibowo.

Imagens divulgadas pela agência mostram militares e socorristas em barcos de borracha a tentar resgatar pessoas que foram forçadas a subir aos telhados das suas casas inundadas.

Vários milhares de pessoas foram para abrigos temporários após as inundações terem atingido, em algumas áreas, até 2,5 metros de altura, acrescentou o mesmo responsável.

O governador de Jacarta, Anies Baswedan, disse que as chuvas torrenciais registadas na capital e nas áreas montanhosas de Java Ocidental causaram o transbordo dos rios Ciliwung e Cisadane.