Exclusivo

Opinião

Habitação: há debate político entre Costa e Montenegro?

Perante uma luta difícil, onde a direita tem hoje uma capacidade impressionante de impor uma barragem ideológica, Costa recua. Julga que acalma o cerco, mas o cerco fecha-se e Montenegro pede a demissão da ministra. Costa quer diálogo? Acabou com ele quando decidiu que a geringonça era uma oportunidade para rebentar com o resto da esquerda. Agora, está tão só como Macron

O Governo apresentou o pacote para a habitação para debate há mais de um mês. Passámos para a TAP e para Lula com a mesma excitação, sem que ficasse grande coisa de duas semanas de discussões violentas. Sobre o seu conteúdo, já escrevi quase tudo o que poderia escrever. Certas ou erradas, havia ali coisas por completar. Não sei se por improviso ou ingenuidade, o pacote não foi apresentado em versão final. É possível que o Governo tenha realmente acreditado que havia condições para fazer debates públicos, para os quais não se apresentam soluções totalmente encerradas. E quando falo de condições, não me refiro à vivacidade, aos exageros, aos confrontos ideológicos. Isso faz parte do jogo democrático. Refiro-me às condições de equidade democrática.

Artigo Exclusivo para assinantes

Assine já por apenas 1,63€ por semana.

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para continuar a ler

Tem dúvidas, sugestões ou críticas? Envie-me um e-mail: danieloliveira.lx@gmail.com

Comentários

Assine e junte-se ao novo fórum de comentários

Conheça a opinião de outros assinantes do Expresso e as respostas dos nossos jornalistas. Exclusivo para assinantes

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para se juntar ao debate
+ Vistas