Exclusivo

Opinião

Um voto no Chega é um voto no PS

O PS está na unidade de cuidados intensivos, está moribundo na maca. E sabem quem é que está a conduzir a transfusão de sangue e demais cuidados médicos? É o Chega, o Doutor Strangelove desta história. Porque de facto há um amor estranho a unir Costa e Ventura, alimentam-se mutuamente e não vivem um sem o outro

A mediocridade de Montenegro – até ver – não ajuda, é verdade, mas também é verdade que trocar a mediania burocrática deste PSD pela boçalidade taberneira do Chega é o grande suporte do PS neste momento.

Artigo Exclusivo para assinantes

Assine já por apenas 1,63€ por semana.

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para continuar a ler

Tem dúvidas, sugestões ou críticas? Envie-me um e-mail: clubeexpresso@expresso.impresa.pt

Comentários

Assine e junte-se ao novo fórum de comentários

Conheça a opinião de outros assinantes do Expresso e as respostas dos nossos jornalistas. Exclusivo para assinantes

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para se juntar ao debate
+ Vistas