Exclusivo

Opinião

Mulheres, marionetas dos jogos masculinos

Não é legítimo transformar uma profissional com créditos firmados na "mulher de", transmitindo a ideia de que só tem um bom emprego porque é “mulher de”. Este tratamento não é aplicado a homens. Nunca

Três mulheres acusaram Boaventura Sousa Santos, uma espécie de ayatolah da esquerda radical que domina as ciências sociais em Portugal ao ponto em que deixa de ser ciência e passa a ser ideologia, ao ponto em que não se percebe a diferença entre BE e faculdade. Três mulheres, repito. Mas o guru acusado por três mulheres veio logo dizer que isto é uma cabala neoliberal. Ou seja, homens neoliberais montaram uma cabala para destruir o guru do antineoliberalismo, seja lá que isso for. O que está em causa, a acusação à #metoo mais forte em Portugal, deixa de existir.

Artigo Exclusivo para assinantes

Assine já por apenas 1,63€ por semana.

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para continuar a ler

Tem dúvidas, sugestões ou críticas? Envie-me um e-mail: clubeexpresso@expresso.impresa.pt

Comentários

Assine e junte-se ao novo fórum de comentários

Conheça a opinião de outros assinantes do Expresso e as respostas dos nossos jornalistas. Exclusivo para assinantes

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para se juntar ao debate
+ Vistas