Exclusivo

Opinião

Silêncio elétrico

Há várias coisas erradas na agenda ambientalista. Uma delas é sem dúvida a diabolização do homem e da civilização. A suspensão da civilização via covid foi um sonho para este radicalismo, que festejou a entrada dos animais no perímetro das cidades - ouvi ambientalistas a celebrar isso e a esquecer o impacto sobre a vida das pessoas, a começar nas mortes

Daqui decorre outro erro: as políticas verdes são lançadas em nome da natureza e do meio ambiente. Quando se impõem motores elétricos, a narrativa fala da redução de CO2 e de arrefecimento global, ursos polares e não homens.

Artigo Exclusivo para assinantes

Assine já por apenas 1,63€ por semana.

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para continuar a ler

Tem dúvidas, sugestões ou críticas? Envie-me um e-mail: clubeexpresso@expresso.impresa.pt

Comentários

Assine e junte-se ao novo fórum de comentários

Conheça a opinião de outros assinantes do Expresso e as respostas dos nossos jornalistas. Exclusivo para assinantes

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para se juntar ao debate
+ Vistas