Opinião

Confessional

Clara Ferreira Alves

Clara Ferreira Alves

Escritora e Jornalista

20 janeiro 2023 0:08

Quando regressamos de viagem, achamos que alguma coisa deve ter mudado na origem, uma ilusão sem sentido

20 janeiro 2023 0:08

Acabo de regressar da Ásia e acordo às quatro e meia da manhã. É de noite. Um retalho lamacento de Lua espreita no céu e parece que vai chover. Não admira, na Arábia Saudita cai chuva torrencial e não é de petrodólares. Água empapando o deserto. Quando o avião fez escala no Dubai chovia no emirado como em Lisboa. No caminho da ida nunca sofro de jet lag, e parafraseando Anthony Bourdain, passar da Europa para a Ásia é como sair de um filme a preto e branco para um filme a cores. A emergência climática é tão evidente e continuamos sem querer saber, não atrai a consciência. Vamos morrer amanhã, os que vierem depois de nós que desatem o nó. Nunca devemos subestimar o egoísmo. É bom saber que os camaradas de Davos continuam a ter dinheiro para o combustível e o jato privado enquanto, entre festas e conferências, entre champanhe e canapés, se preocupam com o destino da Humanidade.

Este é um artigo do semanário Expresso. Clique AQUI para continuar a ler.