Opinião

A sociedade bodexpiatória

13 janeiro 2023 0:20

Sabemos e apontamos o dedo aos culpados de todo o mal. Se são ou não mesmo culpados, pouco interessa

13 janeiro 2023 0:20

Tendemos a pensar em nós como “pequenos deuses”, ao ponto de imaginar que “todos os nossos desejos dependem de nós e não são produto de outros sobre nós. E quando a coisa não corre como esperado, o mais natural é que a culpa não seja nossa, mas desses outros”. Os humanos têm um formidável mecanismo de “transferência de culpa” que os mantém de consciência limpa, como indivíduos, e coesos, como grupo. A este mecanismo chamamos simplesmente “bode expiatório”, e até parece que é uma coisa rara, que acontece de vez em quando, e que pertence aos livros de História. Erro. A nossa sociedade foi fundada, existe e sobrevive com base na figura do bode expiatório. Hoje, mais do que nunca. No dia a dia.

Este é um artigo do semanário Expresso. Clique AQUI para continuar a ler.