Opinião

Morte lenta

6 janeiro 2023 0:38

Golden boys e golden girls, incubados nas EP e tratados como meritocratas de estatura planetária, auferem remunerações de nababos, pois — explicam-nos — de outro modo as multinacionais não resistiriam a recrutá-los

6 janeiro 2023 0:38

Uma zanga qualquer de comadres deu a conhecer ao país a existência da senhora secretária de Estado do Tesouro. O seu percurso no sector empresarial do Estado, entretanto conhecido, ofereceu ao povo, das tabacarias aos ministérios, o ensejo de contemplar a cultura, as práticas e os percursos profissionais e de vida consentidos pelas empresas públicas, bem como a rede opaca de cumplicidades, inescrutinável e impossível de desenlear, que gere e reparte, num país pequeno e pobre, os lugares mais apetecíveis do país, que, como é próprio de um capitalismo periférico, dependente e esmoler, são sustentados pelo Orçamento e pelos contribuintes.