Opinião

A Nova Zelândia de pernas para o ar

23 dezembro 2022 0:10

A forma como tramamos os mais pobres, dizendo defendê-los, é perversa

23 dezembro 2022 0:10

Não cessa de me surpreender a generalizada falta de noção dos rendimentos dos portugueses das classes médias e baixas. Há casos avançados de falta de noção, como o do senhor do CDS que esta semana nos disse que o país real é constituído por casais de 30 anos, com dois filhos no colégio privado e empregada doméstica. Mas, na verdade, esta falta de noção é generalizada no debate público e manifesta-se quer nos órgãos de comunicação tradicionais quer nas redes sociais.