Opinião

O século de Larkin

25 novembro 2022 0:25

A poesia deixou de interessar a quem estuda poesia. E o que se tem discutido é se Larkin era mesmo racista, homofóbico, misógino

25 novembro 2022 0:25

Philip Larkin (1922-1985) continua o mais amado dos poetas ingleses do último meio século, mesmo depois da edição evitável da juvenília e dos rascunhos, das biografias inquisitoriais, das investidas dos académicos, dos amigos canhestros, falsos amigos e inimigos, do estimável Anthony Thwaite ao entediante Andrew Motion, do brilhante Terry Eagleton ao azedo Tom Paulin. Não por acaso, os seus melhores defensores, como Martin Amis ou Clive James, seguiram aquela ideia de Eliot de que a crítica literária, exposta a certos exageros, ou deixa de ser crítica ou deixa de ser literária.

Este é um artigo do semanário Expresso. Clique AQUI para continuar a ler.