Opinião

A palavra do governador

18 novembro 2022 0:55

Não é anormal, por exemplos passados, que os Governos tentem influenciar os bancos centrais. Importante, importante mesmo, é saber se os banqueiros centrais lhes resistem

18 novembro 2022 0:55

A primeira obrigação do governador de um banco central é garantir a independência do poder político. É assim desde os anos 90 do século passado, quando a estabilidade dos preços passou a ser a principal missão dos bancos centrais das economias desenvolvidas. Não é esse o único critério para avaliar o desempenho de Carlos Costa como governador do Banco de Portugal entre 2010 e 2020. Mas é, obrigatoriamente, o primeiro de todos. Num país onde a palavra independência é tão maltratada, tão ignorada, tão hipocritamente usada, dar testemunho dessa experiência é um acontecimento raro e muito importante.