Opinião

Lutemos contra o apartheid

28 outubro 2022 0:06

Ficava-nos tão bem boicotarmos a porcaria do mundial de futebol. Tal como em 1987, ficaríamos isolados. Mas, desta vez, do lado certo

28 outubro 2022 0:06

Um momento embaraçoso da nossa história diplomática foi ter Portugal, nas Nações Unidas, a votar contra uma moção que apelava à libertação incondicional de Nelson Mandela. Votámos contra porque a moção falava em Governo racista da África do Sul e aceitava a resistência armada à opressão como legítima. Hipocritamente, Portugal votou a favor de outra moção que também apelava à libertação, mas não falava no direito a essa resistência. Hipócrita porque Mandela estava preso por causa dessa resistência armada — era oficialmente um terrorista — e não só nunca renegou essa condição como não se comprometia a depor armas. Apelar à sua libertação nas condições que Portugal exigia equivalia a, logo a seguir, exigir que o prendessem.