Opinião

Tim Page

9 setembro 2022 1:02

1944-2022 Fotógrafo britânico e correspondente de guerra, notabilizou-se pelas imagens que captou durante a Guerra do Vietname, publicadas nas revistas “Time”, “Life” e “Paris-Match”

9 setembro 2022 1:02

Tim Page, o fotojornalista de origem britânica que morreu aos 78 anos, no passado dia 24 de Agosto, de cancro do fígado e na sua casa em Bellingen, na Austrália, tem sido descrito nos obituários franceses como um trompe-la-mort, tantas foram as vezes em que fintou um destino fatídico mais do que certo. Chegou a ser ferido em quatro ocasiões e na mais grave delas um estilhaço de uma mina atingiu-o na cabeça e arrancou-lhe um pedaço do cérebro, sendo dado como morto e obrigado a passar vá­rios meses em recuperação, coisa que encarou com o panache típico dos correspondentes de guerra, na melhor tradição de Robert Capa, do qual Page foi um dos maiores representantes, porventura o último. Além das impressionantes imagens de jovens soldados de olhar perdido e do testemunho de vida que nos legou, inspiraria a personagem do fotógrafo louco de “Apocalypse Now” em interpretação lendária de Dennis Hopper.