Exclusivo

Opinião

França: o funil, os sapos necessários e a tragédia que acabará por chegar

Se Le Pen vencer, não tem nada a ver com a divisão entre iliberais e liberais, mas com o profundíssimo ódio das classes populares francesas a Macron. Conseguir levar o voto em Mélenchon, irado com Macron, até Macron é uma tarefa hercúlea. Mas agora é fundamental para impedir de novo o pior. Salvar a democracia implica engolir sapos. Mas se o centrão do neolibealismo “progressista” ou conservador se continuar a esforçar para atirar estes eleitores para a extrema-direita um dia acontecerá

Aproveitando os falhanços da maioria socialista em que participou como ministro e a balcanização da direita democrática, Emmanuel Macron destruiu o sistema partidário francês, secando tudo à sua volta. A partir daí, foi promovendo Marine Le Pen como sua única e verdadeira opositora, sabendo que isso faria de todos os democratas seus reféns. Ele precisa de Le Pen, como Le Pen precisa dele. Ela representa o perigo inaceitável que obriga os democratas a votar em Macron, ele representa um regime sem alma, sem projeto social e sem alternativas dentro de si que leva cada vez mais gente a votar Le Pen.

Artigo Exclusivo para assinantes

Assine já por apenas 1,63€ por semana.

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para continuar a ler

Tem dúvidas, sugestões ou críticas? Envie-me um e-mail: danieloliveira.lx@gmail.com

Comentários

Assine e junte-se ao novo fórum de comentários

Conheça a opinião de outros assinantes do Expresso e as respostas dos nossos jornalistas. Exclusivo para assinantes

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para se juntar ao debate
+ Vistas