Opinião

A Rússia já perdeu a guerra (a China também)

15 março 2022 10:46

O regime russo vê a Ucrânia como uma parte do casamento sagrado com Moscovo; a traição 'ocidental' tem de acabar e a mulher, a Ucrânia, tem de voltar para o marido, Moscovo. O regime chinês vê Taiwan como parte sagrada do Império do Meio; a traição 'ocidental' tem de acabar e a mulher, Taipé, tem de voltar ao marido, Pequim. Estão a abanar a cabeça ou a rir-se? Pois fiquem sabendo que é assim que a propaganda chinesa está a narrar a guerra da Ucrânia. Ao não cair, ao forçar o 'divórcio', a Ucrânia também está a salvar Taiwan

15 março 2022 10:46

A Rússia já perdeu a guerra. Até pode destruir todos os prédios da Ucrânia, mas já perdeu. Já não tem qualquer objetivo estratégico ou político. Nem a face vai conseguir salvar. Foi um gigantesco erro de cálculo. A questão agora é só uma: será que a raiva de Putin nos levará a todos para um círculo do inferno ainda desconhecido? Mas deixemos esse ‘impensável’ para depois e pensemos o ‘pensável’. Ou seja, olhemos para factos e consensos analíticos que se estão a desenvolver entre militares e analistas europeus e americanos.