Opinião

Os pobres não querem trabalhar barato!

20 dezembro 2021 7:47

"Não é racional manter apoios sociais a quem os usa para se furtar ao trabalho e dessa forma condicionar a própria expansão empresarial que cada vez mais se lamenta da falta de mão-de-obra disponível para trabalhar", disse Rui Rio. Ou seja: as fraudes são tão generalizadas que têm um efeito sistémico na falta de mão-de-obra e o seu programa é retirar parte dos apoios sociais para que as pessoas aceitem trabalhos mal pagos. Não é à toa que foi contra o aumento do SMN

20 dezembro 2021 7:47

"Não é racional manter apoios sociais a quem os usa para se furtar ao trabalho e dessa forma condicionar a própria expansão empresarial que cada vez mais se lamenta da falta de mão-de-obra disponível para trabalhar." A frase de Rui Rio, que mereceu prolongado aplauso do congresso do PSD, uma plateia de esforçados trabalhadores disponíveis para ser mão-de-obra em gabinetes ministeriais, não tem nada de novo. É a posição de sempre da direita, que ao longo da história resistiu a quase todos os apoios sociais que diz defender, refugiando-se sempre na teoria do abuso dos preguiçosos.