Opinião

Estaline, James Bond e um PSD no campeonato dos pequenos pela notoriedade

19 agosto 2021 8:23

No Seixal, o PSD faz cartazes a dizer que decidiu “renomear” a Rua MFA como “Rua em Memória das vítimas das FP-25” e a Rua 1º de Maio como “Rua 25 de Novembro”. Em Oeiras, o desconhecido Alexandre Poço aparece em pose de James Bond. Jogam no campeonato da notoriedade. Mas também em Lisboa, os marketeiros fizeram um cartaz igual ao de Medina, subsistindo a sua cara pela de Moedas e “Mais Lisboa” por “Melhor Lisboa”. A IL veio por cima e perguntou “mais e melhor dos mesmos?”. Como acontece quando imita o Chega, o PSD foi derrotado pelo pequeno IL. Os grandes partidos não fazem este género de campanhas porque elas funcionam para furar a invisibilidade, não para conquistar credibilidade

19 agosto 2021 8:23

Recebo, com frequência, mails de uma agência de comunicação sobre candidaturas autárquicas do PSD. O que quer dizer que o mesmo interlocutor me dá notícias de Vladimiro Feliz e Suzana Garcia, confundindo a identidade dos dois só porque a agência, que devia ser quase invisível, é a mesma. O amadorismo exibe, no entanto, o que parece ser o problema da comunicação política do PSD: os marketeiros ganharam a liderança da campanha autárquica do partido. E quando isso acontece o desastre é mais do que certo.